Rim

Coleção: 5

Função:

O rim é o principal órgão que compõe o sistema excretor , atuando na osmorregulação, é responsável por filtrar dejetos presentes no sangue e excretá-los juntamente com água (urina).

 

Descrição

     Os rins são dois órgãos marrom-avermelhados situados na parede posterior da cavidade abdominal, um de cada lado da coluna vertebral. Eles apresentam aproximadamente 11 cm de comprimento e se estendem  desde o nível da décima-primeira ou décima-segunda vértebra torácica até a terceira vértebra lombar. Cada rim é envolvido por três camadas de tecidos; a mais externa, que cobre a superfície do rim é a cápsula fibrosa do rim. Envolvendo a cápsula fibrosa, está uma massa de gordura perirrenal denominada cápsula adiposa. A terceira camada é uma fáscia de paredes duplas, a fáscia renal. A fáscia renal envolve o rim e a cápsula adiposa e ancora o rim na parede posterior do abdômen.

     O rim possui a forma de um grão de feijão, com face lateral convexa e face medial côncava. A margem medial apresenta uma fenda, o hilo renal por onde entra a artéria renal e  saem a veia renal e o ureter. O hilo se abre em um espaço no interior do rim denominado seio renal, onde se localizam os vasos renais e a pelve renal.

Estrutura Interna do Rim

     Três regiões podem ser distinguidas em cada rim: o córtex renal, a medula renal e a pelve renal.

     O córtex  é a camada externa do rim, situada logo abaixo da cápsula fibrosa. Expansões do córtex, as colunas renais projetam-se para a medula renal. A medula renal está localizada abaixo do córtex e consiste de várias estruturas triangulares denominadas pirâmides renais . As pirâmides estão orientadas de maneira que suas bases amplas de encontram revestidas pelo córtex, e seus ápices (papiplas renais) seguem em direção á pelve renal. As pirâmides são separadas entre si pelas colunas  renais. Os vasos sanguíneos destinados ao córtex se projetam para o interior de uma câmara em forma de funil denominada cálice renal menor. Vários cálices menores se unem para formar os cálices renais maiores. Os cálices maiores se unem para formar a pelve renal, que é a extremidade superior dilatada do ureter. A urina goteja de pequenos poros existentes nas papilas e atinge os cálices menores. Destes, ela segue em direção aos cálices maiores, pelve renal e chega ao ureter, que a transporta para a bexiga urinária.

     Os túbulos renais, que são as unidades funcionais dos rins,consistem de néfrons e túbulos coletores. Cada néfron está formado por duas partes, o glomérulo- uma rede de capilares paralelas e um túbulo.

 

Figura 1. Estrutura do néfron. (Adaptado de Junqueira & Carneiro, Histologia Básica, 10 ed).

 

      A extremidade proximal de um túbulo forma um receptáculo de parede dupla conhecido como cápsula do glomérulo (cápsula de Bowman), que envolve o glomérulo. A cápsula e o glomérulo constituem o corpúsculo renal, local de trocas entre o sangue e o néfron.

                     

Figura 2. Glomérulo e aparelho justaglomerular. (Adaptado de Junqueira & Carneiro, Histologia Básica, 10 ed).